Waris Dirie

raspas de Waris

WARIS SUSTENTA UMA HISTÓRIA DE CORAGEM MARCANTE. DOS DESERTOS DA SOMÁLIA PARA O MUNDO DA HIGH FASHION, ELA BATALHOU CONTRA OPRESSÃO E EMERGIU UMA VERDADEIRA VENCEDORA. ELA É A MAIS BELA INSPIRAÇÃO PARA QUALQUER PESSOA. { Elton John

Estamos em 1978, num deserto impiedoso da Somália. Aqui, as mulheres não são respeitadas e são submetidas a rituais antiquados e brutais. Diante de um iminente casamento, forçado, e com um senhor muito mais velho, a pequena Waris de treze anos de idade se vê em meio a uma fuga desesperada - mas premeditada - de sua aldeia. Os dias passam e o seu passo não diminui. Devido a corrida alucinante, pára pra descansar na escassa sombra de uma árvore, impossibilitada de prosseguir pelos pés sangrentos, a sede fervorosa e a fome voraz. Um barulho familiar a acorda, e ela está frente a frente com um enorme felino, rei do reino animal. Olhos nos olhos, o leão recua, e Waris entende que, mesmo sem água, rumo ou esperança, por algum motivo ela precisava sobreviver.

TENHO UM FORTE INSTINTO DE SOBREVIVÊNCIA DESDE O COMEÇO; APRENDI O SIGNIFICADO DE ALEGRIA E DOR AO MESMO TEMPO.

E sobreviveu. Fugiu de sua aldeia nômade por não aceitar as bárbaras tradições as quais era forçada. Por volta dos cinco anos de idade, foi submetida à mutilação genital feminina(MGF), executada por uma cigana, no meio do deserto, com lâminas de gilette enferrujadas, em condições precárias e sem anestesia.

Vou poupar os leitores dos detalhes desse ritual escandaloso, mas os curiosos e, fortes, podem ler no wikipedia

ALGUÉM PRECISA FALAR PELA MENININHA SEM VOZ

O sucesso de sua fuga mostra-se hoje, vital para milhares de mulheres africanas e, sua históra, inspira mulheres e homens por todo o mundo. Tornou-se uma das modelos mais requisitadas dos anos 80, atriz, escritora e embaixadora da ONU contra o ritual de MGF. Waris Dirie é uma das mulheres mais lindas que o nosso mundo já viu, e não é só por fora.

HOJE EU CELEBRO O VALOR DAS COISAS SIMPLES

A trajetória de Waris é relatada no seu livro “Flor do Deserto” e através do filme homônimo lançado em 2009. Vejam o trailler.

Mais de Waris no Raspas!

texto publicado originalmente no Le Duê blog

DEIXE UM COMENTÁRIO