Conecte-se

Que o amor alcance mais que seu wi-fi

Em uma terra há bilhões de pessoas com smartphones, ipas, ipods, óculos google e muitos reclamam de sua vida amorosa, porque neste quesito não evoluímos? E pra falar a verdade cansei um pouco dessa história de que facebook, whatssap, nos deixou com mais distância das pessoas, afinal, somos ainda humanos, e precisamos do afeto e apoio de um amor só nosso. Minha vó me diz: Vocês jovens, são como nós antigamente, esperando seu príncipe encantado, mas abrindo as pernas pra qualquer um, e chorando depois porque não é digna de namorar. Quero deixar bem claro, que minha vó não é quadrada, ela aceita minhas trocas repentinas de nomes de “parceiros”, aceita quem quiser o uso recreativo da maconha, acredita que pararei de fumar cigarros quando for necessário, e aceita bem minhas 15 tatuagens. Então analisei bem as palavras que ela disse.

Será que transamos como se fosse o mundo da liberdade sexual, mas ainda nos repreendemos por saber que ainda nos julgam? Ou será que sexo está tão fácil que o medo de ser traída (ou traído) nos faz colocar uma máscara de que não queremos compromisso? Em meio de tantos pensamentos me vejo com medo de mandar um whatssap com qualquer meio de interpretação de que estou gostando da pessoa, me vejo respondendo mensagens de outros homens e pensando em possibilidades amorosas, e me vejo sozinha em um sábado a noite, pois sei que quero ser menos fria, mas não usada. Como aconteceu de nós termos tanta distância um dos outros? E esquece essa história de mídia social, pois nós bem sabemos que quando estamos na frente da pessoa que gostamos, até mesmo deitados completamente pelados ao lado delas, esperamos que ao amanhecer (se você der sorte) eles vão embora, ou que após um sexo caloroso, não sabemos que tipo de música a pessoa gosta, que cor ela prefere ou se deveria convidar para um jantar. E na manhã seguinte, nem pense em mandar uma mensagem, porque você não é tão fácil, ele vai ter que te conquistar.

Chega a ser engraçado, como a nossa perspectiva de intimidade mudou. Pelados ok, sentimentos..NAAAOOOO. E aos poucos vamos fazendo brincadeiras e piadas, sobre como uma pessoa leu sua mensagem e não respondeu, só porque todos se identificam e é mais fácil ficar engraçado do que a triste realidade. Agora querendo ou não sabemos se a pessoa leu o seu oi, e a exata hora que deixou de responder. Só falo uma última coisa: Mais amor São Paulo, seen 21:35.

Marcos Korody

19 Ago 14
ótimo questionamento, Cá! como profundo interessado em tecnologia e relacionamentos humanos, acredto que o momento atual é só uma fase de adaptação à enxurrada de informações que estamos engolindo. Penso que muito em breve, a tecnologia vai evoluir a ponto de realmente quebrar barreiras sociais, e as pessoas também, vão evoluir, a ponto de aprenderem a usar as inovações para estreitar os laços afetivos, e não o contrário. : )
DEIXE UM COMENTÁRIO