Cuidado: mulher brava

Inspira e respira

To mal humorada. To procurando pêlo em ovo para arranjar brigas. To chorona. To impaciente. To reagindo à assaltos. To de TPM. Sempre achei que era lenda essa história de TPM, pois as piores coisas pareciam acontecer nos dias que antecedem nossa menstruação, e as minhas reações eram esperadas. Como você reage com um namorado estúpido? A resposta seria: com mais estupidez. Agora que amadureci a minha resposta seria, veja bem se ele está sendo estúpido pois você está sendo uma vaca.

Manter a calma nestes momentos de tpm, é preciso. Sábias palavras que Yoda não falou, mas se fosse mulher falaria. Queridas mulheres, aprendi várias técnicas de relaxamento, algumas boas e outras meio inconvencionais. Ao ser esbarrada por uma babaca na rua que não olha pra frente, peça desculpa pois ela é limitada. Se você for fumante, se recolha á um lugar com sombra e deguste um cigarro após tal acontecimento. Quando o “boy” não responder a mensagem, ou parecer não dar a mínima para você, coma. Não precisa ser chocolate. Eu gosto de comer coisas cruas (vai entender). E se você quiser pedir demissão do seu emprego porque de repente ele é “una mierda”, pensa na grana que vai faltar pra comprar um Cosmopolitan caso o boy te largue e a mulher que esbarrou na rua te processe por você não ter seguido os passos que eu falei.

Ou seja, acredito mesmo na religião TPM, eu sigo há meses. E falo desde já que a sensação é como um espirito maligno tivesse possuído nosso corpo. Tem aquelas que falam que não tem TPM, mas acredite, ela só pode ser Yoda e master em controle. Ou tá fingindo né gata? Peço perdão desde já ás pessoas que sofreram com esta minha fase mensal, e aos que ainda vão sofrer. E para encerrar, músicas mostram a TPM claramente, veja bem a letra de Adriana Calcanhoto da música Mentiras:

Nada ficou no lugar/ Eu quero quebrar essas xícaras/ Eu vou enganar o Diabo/ Eu quero acordar sua família/ Eu vou escrever no seu muro/ E violentar o seu rosto/ Eu quero roubar no seu jogo/ Eu já arranhei os seus discos

DEIXE UM COMENTÁRIO